sábado, 27 de junho de 2009

Bye Michael


Como dizer adeus a Michael? É simples, não o dizemos.À artistas como ele não dizemos adeus,pois jamais partirão.Aqueles que vivem pela arte, se imortalizam, pois pouco a pouco, obra e criador se funde em um só.

Esqueçamos por um momento os escândalos , as cirurgias, os processos judiciais e foquemos naquilo que ele sempre representará : Rei do Pop.Foi um fenómeno.Trazia a teimosa vocação a Fénix, encontrada nos determinados, que sempre se reinventam das cinzas.

Gênio musical, numa época em que artista nato+sucesso é coisa rara.Inovador, ousado, criativo, se destacava nesta era de muitas celebridades e poucos talentos.Sim, esse foi Michael.Um diamante bruto, que foi lapidado através dos anos e como tal, não perdeu seu valor apesar de tudo que teve que passar.Não, não é hora de julgá-lo pelos erros, que são características próprias dos seres humanos e sabiamente emoldurado na frase que diz:" Grandes Homens, grandes erros".Sim senhor,apesar de tudo seu brilho continuou,algumas vezes embassado, mas nunca ofuscado. E agora o teremos eternizado em sua arte e na alma dos seus incontáveis admiradores. Michael não morreu.Vive em sua música.

Entre tantas formas de homenageá-lo, saudamos o Rei do Pop como um "até logo", mas de um jeito bem brasileiro, que o próprio Michael soube compreender nas batidas do Olodum, no então vídeo clip da música "They Don't Care About Us", gravado no Brasil nas cidades do Rio de Janeiro e Salvador.


Bye Michael- Brasil de luto.

*29 de Agosto de 1958 / + 25 de Junho de 2009

Eles não ligam pra gente
Skinhead
Sem cabeça
Todo mundo
Ficou louco
Situação
Frustração
Todo mundo
Alegação
No quarto
Nas notícias
Todo mundo
Comida de cachorro
Bang back
Morte chocante
Todo mundo
Ficou louco
Tudo que quero falar
É que eles não ligam pra gente
Bata em mim
Odeie-me
Você nunca vai
Me quebrar
Procure-me
Emocione-me
Você nunca vai
Me matar
Julgue-me
Processe-me
Todo mundo
Acabe comigo
Chute-me
Estraçalhe-me
Não diga que sou
Preto ou branco
Diga-me o que aconteceu com minha vida
Tenho uma mulher e dois filhos que me amam
Eu sou vítima da violência da polícia
Estou cansado de ser vítima do ódio
Você roubando o meu orgulho
Oh, pelo amor de Deus
Olho para os céus para cumprir a profecia
Liberte-me
Skinhead
Sem cabeça
Todo mundo
Ficou malvado
Trepidação
Especulação
Todo mundo
Alegação
No quarto
Nas notícias
Todo mundo
Comida de cachorro
Homem negro
Chantagem
Jogue o cara
Na cadeia
Diga-me
o que aconteceu com meus direitos
Eu sou invisível?
Porque você me ignora
Sua proclamação me prometeu
liberdade
Estou cansado de ser vítima da vergonha
Eles estão acabando com minha reputação
Não acredito que essa é a terra de onde vim
Você sabe que eu na verdade odeio falar isso
O governo não quer enxergar
Mas se Roosevelt estivesse vivo
Ele não deixaria isso acontecer, não
Litígio
Bata em mim
Xingue-me
Você nunca vai
Me sujar
Ataque-me
Chute-me
Você nunca vai
Me pegar
Algumas coisas eles não querem enxergar na vida
Mas se o Martin Luther estivesse vivo
Ele não deixaria isso acontecer, não
Segregação
Não
Julgue-me certo ou errado
Eles me mantêm no inferno
Estou aqui pra te lembrar

Um comentário:

SETT VÍDEO LOCADORA disse...

Sávias palavras!
O site esté de excelente bom gosto, parabéns. Estamos Juntos!
Saudações e Abraços,
MAMCERQUEIR